FAQs

1a.- Afinal o que são alimentos biológicos? 

 

São alimentos produzidos seguindo os princípios, as orientações e a legislação em vigor para o modo de agricultura biológica (também chamada de orgânica no Brasil, organic no Reino Unido ou biologique em França, por exemplo). Esta terminologia pretende acentuar o facto de a produção agrícola assentar nos princípios de respeito pela Natureza, pela biodiversidade e pelo ser humano. Traduz-se no repúdio pela utilização de processos de produção que incluem o uso de pesticidas e herbicidas de síntese, fertilizantes de laboratório, organismos geneticamente modificados e ainda outros processos e/ou técnicas que não respeitam os princípios supra citados.

2a.- Não usam herbicidas ou insecticidas?

 

A prevenção é a principal forma de travar pestes e doenças que possam eventualmente aparecer nas nossas plantas. Isso inclui acções tais como rotação de culturas, associações de vegetais, promoção da biodiversidade e de animais predadores, selecção de espécies resistentes, etc.. Em último caso, poderemos recorrer a insecticidas que respeitem as exigências da certificação legal e que não sejam suspeitos de não observarem os princípios apontados na resposta anterior. Calda de vinagre, solução de sabão azul ou as próprias mãos dos agricultores, são o melhor exemplo das práticas que nós e os nossos parceiros usamos.

3a.- Falou-se muito de más prácticas no que respeita à agricultura biológica e de casos de burla. Como confiar nos produtos e alimentos biológicos que estão à venda no mercado?

Em todos os ramos de actividade existem pessoas que sem qualquer sentido de ética, honestidade ou de princípios, se aproveitam de qualquer coisa para ganhar dinheiro. A contrafação e a falsificação praticam-se desde sempre e a agricultura biológica não está livre desse tipo de má conduta. Daí a importância de procurar uma fonte credível, devidamente certificada. Essa é também, responsabilidade do consumidor.

4a.- E essa certificação consiste em quê? Como posso saber se um produto é certificado?

 

A certificação é um processo extremamente exigente pelo qual passam as empresas que querem ver reconhecido o seu trabalho e consequentemente, operar no mercado com um "selo de garantia" que transmita confiança ao seu público. As sanções legais por incumprimento são pesadas e podem levar ao "fecho de portas". A Bio em Casa é uma empresa certificada e temos muito orgulho nisso.

Os produtos em venda no mercado, embalados têm um "selo" que os apresenta como "biológicos de confiança". Esse "selo" é o que se encontra à direita no cabeçalho desta página. Por baixo tem o código da entidade certificadora. Clique aqui para ver o nosso certificado. Pode sempre exigir (e deve fazê-lo) que o Agricultor/ Comerciante lhe mostre a certificação.

5a.- Que tipo de controlo existe? Quem deve agir no sentido de proteger

os consumidores?

 

A certificação para o modo de agricultura biológica pretende ser, acima de tudo, uma garantia para o consumidor. Levada a cabo por entidades privadas e independentes - acreditadas pelo Instituto Português da Acreditação e Certificação ou IPAC - representa um sistema de controlo com regulamento específico (a nível europeu) e norma nacional que orienta as práticas dos intervenientes da cadeia de produção, transformação, distribuição, armazenamento, importação e exportação dos produtos biológicos.

 

Isto significa que, como empresa certificada, a Bio em Casa segue um conjunto obrigações e regras - entre elas adquirir apenas alimentos a outros agricultores também certificados - , submete-se ao controlo rigoroso da sua entidade certificadora e sujeita-se a visitas de fiscalização periódicas para que possa assim obter autorização para utilizar o logótipo da União europeia para a agricultura biológica e código da certificadora.

 

B.- Encomendar.

1b.- Quero encomendar, mas é a primeira vez .O que devo fazer?

 

Se vai ser a primeira vez, deixe-nos dizer que será muito bem-vinda à Bio em Casa . Para encomendar, basta seleccionar o cabaz que prefere - o personalizado (de 4 pesos pré-definidos mas liberdade na escolha dos alimentos) ou o cabaz ao kilo (100% personalizável) - e preencher o formulário com a informação que necessitamos para a entrega. Submeta o seu pedido, confirme se recebeu um email com o resumo da compra...e já está! Pode contar que receberá o seu cabaz dentro do período que indicou. 

 

2b.- Não recebi email de confirmação quando submeti o formulário. Que devo fazer?

 

Por favor contacte-nos. Pode ter ocorrido uma falha de rede, por exemplo, que impediu o envio do pedido. Em último caso, poderá fazer a encomenda por telefone, directamente connosco. 

 

3b.- Sou obrigada(o) a algum tipo de compromisso de fidelização? 

 

De forma alguma! Encomende o seu cabaz apenas quando necessitar. Há quem peça todas as semanas; de quinze em quinze dias; uma vez por mês; ou só numa época específica do ano. Será sempre um prazer ouvir notícias suas.  

 

4b.- Tenho que encomendar sempre online?

 

O ideal será fazê-lo. É fácil, fiável e como a lista tem sempre surpresas, poderá usufruir melhor do nosso serviço.  Mas como cada caso é um caso, temos clientes que aderem semanalmente ao cabaz surpresa e fixam connosco a entrega e outras pessoas preferem ver os alimentos disponíveis e fazer o pedido por sms ou whatsapp. 

 

5b.- Quero pedir cabaz, mas às vezes esqueço-me. Podem ajudar-me?

 

Será um gosto! Diga-nos que quer ser relembrada(o) sempre que actualizarmos a lista (normalmente ao sábado) e enviaremos uma sms a informar.

 

6b.- Qual o prazo limite para pedir o meu cabaz durante a semana?

 

Uma vez que fazemos entregas de 4ª a sábado e temos muita variedade disponível na nossa horta, poderá efectuar até cerca de 24h antes. Se tivermos alguma dificuldade, contactá-la(o)-emos com antecedência para reagendar. No entanto, para que possa receber o máximo de alimentos que pediu, quanto mais cedo efectuar a encomenda mais fácil será para fazermos as colheitas e fazermos os pedidos aos outros produtores biológicos. 

 

7b.-  Vou receber tudo o que pedi?

 

Temos como princípio colocar na lista apenas alimentos com muita probabilidade de termos disponíveis. Mas por vezes ocorrem contratempos: falha num transporte, uma intempérie que estrague uma cultura ou uma condição climática que não deixe efectuar a colheita (por exemplo, morangos e chuva). Os stocks também são limitados, pelo que quanto mais cedo pedir, mais fácil será para os gerirmos. No entanto, faremos um esforço para a(o) satisfazer. Caso verifiquemos muitas falhas, contactaremos para perguntar se podemos substituir ou se prefere cancelar. 

 

8b.- Nas horas que têm indicadas as entregas para a minha zona de residência não estou em casa. O que posso fazer?

 

Gostávamos muito, sinceramente, de poder entregar em mãos a todos os nossos clientes. É um momento especial cumprimentar as pessoas que nos confiam a sua alimentação. Mas na impossibilidade, deixamos algumas sugestões:

- poderá indicar a morada de um vizinho ou familiar que possa receber por si;

- com a sua autorização, podemos deixarmos na sua porta num local abrigado;

- a entrega pode ser efectuada no local de trabalho;

- se tiver um porteiro simpático, deixaremos à sua guarda;

- tem a hipótese de efectuar take away na nossa casa, na Rua do Monte Alegre, nº 51, Porto.

 

9b.- Não recebi o cabaz. O que aconteceu?

 

É possível que por vezes haja algum atraso nas entregas, embora façamos questão de o informar. Em 4 anos e centenas de cabazes depois, só nos lembramos de falhar 2 pedidos, por problemas de comunicação. Se não receber, agradecemos imenso que nos diga para que possamos reagendar a entrega. 

 

10b.- Porque não há um cabaz-tipo com alimentos fixos?

 

Principalmente porque optámos por nos especializar na personalização. Mas poderá sempre solicitar-nos o cabaz surpresa, no qual colocamos sempre os alimentos-base para uma alimentação mediterrânica, mediante o que temos na horta e recebemos dos nossos produtores.

C.- Pagamento

1c.- Queria pagar antes de receber. É possível?

 

É possível, mas não é o recomendado, uma vez que fazemos o cabaz próximo da hora da entrega e o valor pode ser variável em alguns cêntimos ou mesmo alguns euros (principalmente nos cabazes ao kilo, se faltar algum alimento). Damos preferência a que efectue o pagamento na hora por Multibanco ou em numerário.

 

2c.- Não estarei em casa para pagar. Como posso efectuar o pagamento?

 

 Na impossibilidade de o fazer - e no caso de já ser um cliente da nossa confiança - poderá pagar por transferência bancária após a entrega (NIB sempre disponível na fatura).

D.- Proveniência dos alimentos

 

1d.- As hortaliças e as frutas são todas da vossa horta?

 

Não são porque seria impossível, à escala da agricultura biológica, ter tudo o que necessita. No entanto, todos os anos - da nossa horta - tiramos uma grande diversidade de hortaliças e fruta: couves de vários tipos, batata doce, alho francês, acelgas, alfaces, rúculas, morangos, nabos, nabiças, espinafres, aromáticas...Para além disso, contamos com uma rede de agricultores biológicos certificados e de confiança que nos fornecem também os seus magníficos produtos. 

 

2d.- Os produtos são todos portugueses?

 

A nossa preferência recai sempre, em primeiro lugar, pelos produtores biológicos mais locais; depois, pelos nacionais; e finalmente, pelos estrangeiros. Por questões de clima, escassez na produção nacional e alguma pressão do mercado para termos uma grande variedade de alimentos, vemo-nos obrigados a importar a distribuidores certificados uma parte deles. No entanto, colocamos sempre a proveniência na nossa lista . Se desejar optar apenas por alimentos nacionais, é perfeitamente possível selecioná-los no formulário. 

 

3d.- São todos biológicos certificados?

 

Sem dúvida! Para sermos certificados, os nossos produtores terão que ter igualmente o seu certificado regularizado.

 

E.- Visitar a Horta

​1e.- Gostaria de ver a vossa horta. É possível?

 

Claro e será uma honra recebê-la(o). Assim, poderá aferir como trabalhamos e quem sabe colher alguns alimentos directamente da terra para a sopa da noite :). Marque connosco a sua visita através de email ou telemóvel.